+55 (71) 3321-0448

VAI COMEçAR A BATALHA PELA VAGA NAS FINAIS DO BAIANãO 2019

Nas semifinais do Baianão 2019 teremos dois campeões (Bahia de Feira e Bahia) e dois clubes (Atlético e Vitória da Conquista) que sonham com o primeiro título estadual. Os confrontos serão abertos nesta quarta-feira (20), às 21h30, no Estádio Lomanto Júnior, com Vitória da Conquista x Bahia de Feira, com transmissão ao vivo da TV Bahia.

Elias Borges tenta levar o Bode a uma conquista inédita


Líder da fase classificatória, o Tremendão tem a vantagem de fazer o jogo de volta das semifinais em casa, no próximo dia 31/3 (domingo), no Estádio Professor Jodilton Souza, a Arena Cajueiro, em Feira de Santana.

O primeiro jogo da outra semifinal será disputado nesta quinta-feira (21), às 19h15, na Arena Fonte Nova, com o Bahia recebendo o Atlético, com transmissão ao vivo da Sportv para todo o Brasil, menos para a Bahia, cujos torcedores poderão assistir ao jogo na TV pelo canal fechado Premiére.

Barbosinha comanda o Bahia de Feira, campeão baiano de 2011


Por ter feito a segunda melhor campanha na fase classificatória, o Carcará tem a vantagem de fazer o segundo e decisivo jogo em Alagoinhas, na próxima quarta-feira (27/3), às 21h30, no Estádio Antônio Carneiro.

Nas semifinais, havendo igualdade nos pontos ganhos, o clube de melhor saldo de gols passará às finais. Se persistir a igualdade também neste critério, a vaga será decidida nas cobranças de tiros livres da marca do pênalti.

O mineiro Enderson Moreira pode dar o 48ª título estadual ao Bahia


DUELOS – Na disputa entre Vitória da Conquista e Bahia de Feira estarão se enfrentando dois treinadores baianos. Do lado do Bode, o experiente Elias Borges, que tem 62 anos e nasceu na “Suíça baiana”. Quintino Barbosa, o Barbosinha, 54 anos, comanda o Tremendão e é natural de Palmeiras.

Mais novo dos quatro técnicos semifinalistas, o mineiro de Belo Horizonte, Enderson Moreira, de 47 anos, tenta levar o Bahia ao 48º título estadual.  Ele terá de superar o tarimbado Arnaldo Lira, do Atlético de Alagoinhas, que tem 60 anos e nasceu na cidade alagoana de Junqueiro.

O alagoano Arnaldo Moreira está confiante no Carcará


O Bahia é o atual campeão baiano, tendo vencido o Vitória nas finais do ano passado. Em sua única conquista estadual, o Bahia de Feira foi campeão em 2011. O Vitória da Conquista foi vice-campeão baiano em 2015, enquanto o Atlético também ficou com a segunda colocação em 1973.

Foram 45 jogos realizados até agora pelo Baianão 2019, com 129 gols assinalados, uma ótima média de 2.86 gols por partida. Atlético e Bahia têm os ataques mais positivos, com 19 gols, cada um. A defesa menos vazada é do Tricolor da capital, com 6 gols sofridos.

Com 8 gols, João Neto, do Atlético, é o artilheiro da competição estadual. Seu companheiro de clube, Peixoto, vem na segunda posição, com 5 gols, juntamente com Jeam, do Jacobina, e Pablo, do Jequié. Com 4 gols estão Fernandão (Bahia), Deon e Ebinho (Bahia de Feira), Gustavo Balotteli (Juazeirense), Arthur Cacule e Eduardo (Vitória da Conquista.

Times

Tabela de classificação

Classificação Pos Pts
Bahia 1 4
Bahia de Feira 2 1

VEJA A TABELA COMPLETA
E RELAÇÃO DE TIMES DO CAMPEONATO

Artilheiros

João Neto
João Neto

8 GOLS

Atlético de Alagoinhas

Arthur Caculé
Arthur Caculé

5 GOLS

ECPP Vitória da Conquista

Pablo
Pablo

5 GOLS

Associação Desportiva Jequié

Fernandão
Fernandão

5 GOLS

Esporte Clube Bahia

Deon
Deon

5 GOLS

Bahia de Feira

Jeam
Jeam

5 GOLS

Jacobina Esporte Clube

Ebinho
Ebinho

4 GOLS

Bahia de Feira

Shaylon
Shaylon

4 GOLS

Esporte Clube Bahia