COLUNA: Mentiras e Verdades

Por FBF, 29 de Dez 2011 - 13h08

Considerando as inúmeras inverdades que vêm sendo divulgadas por alguns órgãos da imprensa, a FBF passa a contar no seu site com a presente coluna "Mentiras e Verdades", a fim de resgatar a realidade e permitir aos torcedores e ao público em geral o acesso às verdadeiras informações, o que a entidade de administração entende ser sua obrigação.
 
Em 25/12/2011 o jornal Correio, na coluna (FOTO) assinada pelo jornalista Marcelo Sant’Ana, abordou o tema Nordestão de uma forma totalmente distorcida da realidade e que, portanto, merece ser reparada:
 
1 – Ao contrário do que foi colocado pelo jornalista, a volta do Campeonato do Nordeste não foi comentada apenas pelo Correio, contudo por inúmeros órgãos de imprensa, nos seus diversos canais, com notas absolutamente positivas e verdadeiramente comemorando o retorno da competição ao calendário oficial da CBF.
 
2 – Sempre que foi realizado, mais precisamente até o ano de 2002, o Campeonato do Nordeste teve o controle técnico da CBF, constando do seu calendário oficial de competições, ficando a captação de recursos e o marketing de um modo geral a cargo da Liga do Nordeste, que acumulou também o controle técnico apenas em 2003 e 2010, justamente por não ter a entidade nacional chancelado a realização do certame.
 
3 – Também contrariando o quanto colocado pelo jornalista, o retorno do Campeonato do Nordeste ao calendário da CBF não envolve nenhum tipo de submissão a tradições, privilégio a federações ou qualquer coisa que o valha, mesmo porque nas edições que foi organizada pela Liga, a competição contou com o apoio logístico das federações no tocante à realização dos jogos, não tendo havido perda de receitas pelas mesmas.
 
4 – Com relação às receitas dos clubes do interior, tomando-se como base o Campeonato Baiano de 2011, apenas de patrocínios viabilizados pela FBF, o menor repasse foi de R$370.000,00 (trezentos e setenta mil reais), e o maior R$ 600.000,00 (seiscentos mil reais), sem levar em conta, portanto, os contratos particulares celebrados pelos mesmos, sendo os números bem distantes daquele apontado na nota ora comentada.
 
5 – No que toca ao torneio início, em primeiro lugar o mesmo não está esquecido, até porque foi resgatado depois de mais de 30 (trinta) anos pela atual gestão da FBF, não tendo havido neste ano de 2011 nenhuma reclamação por parte dos clubes quanto a retorno financeiro. Aliás, todos são sabedores que o mesmo tem fins beneficentes. Por outro lado, se for realizado o será em 15/01/2012, já tendo os clubes ciência desta data, sendo que a não definição até a presente data decorre de questões logísticas, notadamente em virtude da não liberação do estádio de Pituaçu por parte da SUDESB, bem assim por conta da reforma no campo de jogo do Barradão. Entretanto, é objetivo da FBF realizar o torneio e, se o mesmo for viabilizado, as equipes serão avisadas com a necessária brevidade. Por fim, não é introduzido no calendário de competições estaduais, por estar sempre condicionado à liberação de estádio capaz de abrigar com o mínimo de comodidade os 12 (doze) times da 1ª Divisão e os seus torcedores.
 
Inclusive causou muita estranheza aos Clubes, a Matéria Equivocada do Jornal Correio.

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

ENCONTRE-NOS NO FACEBOOK

SIGA-NOS NO TWITTER

ENQUETE