Conheça os membros da Força-Tarefa da FIFA

Por Site FBF, 14 de Abr 2011 - 15h01

Idealizada pelo presidente da FIFA, Joseph S. Blatter, a Força-Tarefa Futebol 2014 foi aprovada pelo Comitê Executivo da entidade. Trata-se de um grupo de discussão formado por 22 membros, incluindo representantes do Comitê de Futebol, do Comitê Técnico e de Desenvolvimento, do Comitê Médico e do Comitê de Arbitragem, entre outros especialistas do esporte. A missão deles é fazer uma análise aprofundada do futebol moderno, a fim de formular propostas para desenvolvê-lo em todos os níveis.


Como presidente do grupo, Franz Beckenbauer terá o compromisso de propor ideias que possam trazer melhorias ao futebol. Já Pelé será o vice-presidente. O trabalho da força-tarefa abrangerá áreas como Regras do Jogo, arbitragem, regulamento das competições, futebol feminino, medicina e fair play.

Neste dia 14 de abril, foi revelada a composição desta importante equipe de proposição, que detalhamos a seguir com exclusividade:



Franz Beckenbauer (Presidente) — Com um dos currículos mais completos do mundo do futebol, ele fez história no Bayern de Munique e na seleção da Alemanha, sendo apelidado de Kaiser (imperador) na época em que jogava. Foi o único futebolista, ao lado do brasileiro Zagallo, que conseguiu conquistar a Copa do Mundo da FIFA como atleta e como treinador. Ex-presidente do Comitê Organizador da Copa do Mundo da FIFA 2006, o alemão será o presidente da Força-Tarefa Futebol 2014 da FIFA.


 

Pelé (Vice-presidente) — O Rei, talvez o melhor que o futebol já viu jogar. Eleito Atleta do Século pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) em 1999, foi o único jogador a se sagrar tricampeão mundial com o Brasil (1958, 1962 e 1970). O currículo do craque inclui ainda 1.281 gols em 1.363 partidas, 92 das quais pela seleção canarinho. Embaixador da ONU e da UNESCO, membro do Comitê de Futebol, ele será ainda Embaixador da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014.


Carlos Alarcón Ríos — Presidente da Comissão de Árbitros da Confederação Sul-Americana de Futebol, o paraguaio é reconhecido como um dos homens fortes da arbitragem na América Latina. É membro também do Comitê de Arbitragem da FIFA.


Demetrio Albertini — Este jovem aposentado de 39 anos foi um sólido meio-campista, que passou doze temporadas no Milan (415 partidas) e vestiu a camisa da Azzurra em 79 ocasiões. Desde que pendurou as chuteiras, em dezembro de 2005, manteve-se ligado ao futebol como vice-presidente da federação italiana.


Massimo Busacca — O suíço de 42 anos é considerado um dos melhores árbitros do planeta. Apitou quatro jogos nas edições de 2006 e 2010 da Copa do Mundo da FIFA e fala cinco línguas: italiano, inglês, francês, espanhol e alemão.


Kalusha Bwalya — Conhecido como "Grande Kalu", o zambiano já exerceu todas as funções no futebol. Primeiro, foi um excelente jogador, tendo conquistado a artilharia da Copa Africana de Nações de 1996; em seguida, assumiu a seleção da Zâmbia como técnico, presidiu a federação local e, atualmente, é membro do Comitê Executivo da Confederação Africana de Futebol.


Cafu — O brasileiro Marcos Evangelista de Moraes, mais conhecido como Cafu, de 40 anos, é um dos melhores laterais direitos da história do futebol. No seu currículo constam 142 jogos pelo Brasil, quatro participações na Copa do Mundo da FIFA e dois títulos mundiais, em 1994 e 2002, tendo sido capitão nesta última.


Bobby Charlton — Considerado um dos melhores jogadores ingleses de todos os tempos, membro do trio mágico do Manchester United, com Denis Law e George Best, o meia-ofensivo será lembrado para sempre como o maestro da vitória da Inglaterra na Copa do Mundo da FIFA 1966. Também é membro do Comitê de Futebol da FIFA.


Ivan Curkovic — Presidente do Comitê Olímpico da Sérvia até 2009 e atual presidente do Partizan de Belgrado, o ex-goleiro defendeu a Iugoslávia em 19 partidas e o Saint-Etienne 383 vezes. É membro também do Comitê de Estádios e Segurança da FIFA.


Jiri Dvorak — Diretor médico da FIFA e diretor do Centro de Pesquisa e Avaliação Médica da entidade (F-MARC), trabalha com a entidade máxima do futebol desde 1994. É membro também de comitês do COI e da Agência Mundial Antidoping (WADA).


Sunil Gulati — Professor de economia da Universidade de Columbia, em Nova York, Gulati preside a Federação Americana de Futebol e é membro do Comitê Estratégico da FIFA.


Fernando Hierro — Um dos melhores zagueiros da sua época, o espanhol defendeu o Real Madrid durante 14 anos, de 1989 a 2003, conquistando três Ligas dos Campeões da UEFA. Atualmente, é diretor esportivo da seleção espanhola.


Charmaine Hooper — Ícone do futebol canadense, a ex-atacante disputou 131 jogos pela seleção, marcou 71 gols e participou de três edições da Copa do Mundo Feminina da FIFA. Ela é membro do Comitê de Futebol da FIFA.


Alex Horne — Foi diretor financeiro da Federação Inglesa de Futebol de 2003 a 27 de maio de 2010, quando se tornou secretário-geral da entidade. Horne foi também diretor do Estádio de Wembley entre dezembro de 2006 e julho de 2008.


Christian Karembeu — Campeão mundial em 1998 e europeu em 2000 com a seleção da França, ele podia jogar como lateral ou volante. Nascido na Nova Caledônia, é atualmente Embaixador da FIFA na Oceania e membro do Comitê de Futebol da entidade.


Tracy Lu — Membro do Comitê de Futebol Feminino e da Copa do Mundo Feminina da FIFA, a chinesa começou a carreira como intérprete na federação local, onde foi recebendo cargos cada vez mais importantes.


Ioan Lupescu — O romeno é um dos jogadores mais conhecidos e bem-sucedidos do seu país. Ex-meio-campista, participou de duas edições da Copa do Mundo da FIFA e de duas Eurocopas com a Romênia. Ao longo da carreira, foram 74 jogos pela seleção e seis gols. Lupescu foi membro do Grupo de Estudos Técnicos da FIFA em diversas ocasiões.


Peter Mikkelsen — Ex-jogador e ex-árbitro internacional, o dinamarquês apitou cinco partidas de Copa do Mundo da FIFA, duas em 1990 e três em 1994. Aos 61 anos, ele é membro do Comitê de Arbitragem da FIFA.


Dejan Savicevic — O montenegrino atuava pela esquerda como um ponta-de-lança à moda antiga. Fantástico driblador, ele gostava de balançar as redes, como provam os seus 29 gols em 56 jogos pela seleção da Iugoslávia. Após ter contribuído em diversas conquistas do Milan na década de 1990, é hoje presidente da federação de Montenegro e membro do Comitê de Futebol da FIFA.


Marina Sbardella — Jornalista da televisão italiana, apresentou diversos programas esportivos nas emissoras TG3, TMC e La7. Ela é membro do Comitê Organizador das Copas do Mundo Sub-17 e Sub-20 Femininas da FIFA e faz parte do quadro da seleção feminina da Itália.


Kohzo Tashima — Atual secretário-geral da Federação Japonesa de Futebol, já foi diretor técnico da entidade, tendo participado ativamente dos preparativos e do bom andamento da Copa do Mundo da FIFA 2002. Tashima é também vice-presidente da Confederação Asiática de Futebol.


Theo van Seggelen — Secratário-geral da Federação Internacional de Futebolistas Profissionais (FIFPro), que representa cerca de 55 mil jogadores, o holandês é também membro do Comitê Estratégico da FIFA.


Fonte: FIFA.COM
Fonte: FIFA.COM Franz Beckenbauer (Presidente) — Com um dos currículos mais completos do mundo do futebol, ele fez história no Bayern de Munique e na seleção da Alemanha, sendo apelidado de Kaiser (imperador) na época em que jogava. Foi o único futebolista, ao lado do brasileiro Zagallo, que conseguiu conquistar a Copa do Mundo da FIFA como atleta e como treinador. Ex-presidente do Comitê Organizador da Copa do Mundo da FIFA 2006, o alemão será o presidente da Força-Tarefa Futebol 2014 da FIFA.

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

ENCONTRE-NOS NO FACEBOOK

SIGA-NOS NO TWITTER

ENQUETE