Seleção de Simões Filho aposta na juventude

Por Caloan Guajardo - Comunicação FBF, 12 de Ago 2011 - 17h52

Comandando um time composto por jogadores de 15 a 19 anos, o treinador Claudionor Nascimento dos Santos parece ter achado o equilíbrio. O vigor da juventude e a experiência dos seus 63 anos têm sido a fórmula para a seleção de Simões Filho. Além de conseguir achar talentos a partir de projeto social.
 
Nesta quinta-feira (12/08), quando veio à FBF fazer o registro do atleta Eduardo Ferreira (oriundo do juvenil do Vitória), ele falou sobre alguns dos aspectos que vêm ajudando a equipe a ocupar a 1ª colocação geral do Intermunicipal 2011. E já vislumbra: “Talvez tenhamos a seleção mais jovem. Daqui a dois ou três anos a gente pode pensar no título”.
 
O técnico é um pai coruja. Primeiro, pelo filho Toni, atacante da equipe. O garoto tem apenas 15 anos e é o artilheiro do time, com dois gols em duas rodadas. No entanto, a grande atenção do treinador é dada à sua outra criação.
 
Das ruas para os campos
 
Claudionor é gerente de um núcleo de 17 escolinhas de futebol na cidade e através delas consegue resgatar jovens. “Estamos tirando garotos das ruas, do vício das drogas. Além do trabalho do futebol, estamos fazendo um trabalho social”, se orgulha. Os garotos viram atletas na base do Simões Filho Esporte Clube, que ele preside há dois anos.
 
Um dos exemplos de sucesso do projeto social é o jogador Vilmar Sabino. Ele está atuando pela seleção de Simões Filho no Intermunicipal e já marcou um gol. Como agradecimento por ter mudado a sua vida, o atleta tem ajudado a equipe, que até a 2ª rodada está na 1ª colocação geral.

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

ENCONTRE-NOS NO FACEBOOK

SIGA-NOS NO TWITTER

ENQUETE