Croácia fará final inédita contra a França

Por Comunicação FBF, 11 de Jul 2018 - 18h05

A Copa do Mundo terá uma final inédita na Rússia. Isso porque a Croácia fez história nesta quarta-feira (11), ao vencer a Inglaterra, de virada, por 2 a 1, com o segundo gol marcado na prorrogação. Os croatas voltam ao Estádio Lujniki, em Moscou, no próximo domingo (15), às 15h, para decidir contra a França, que eliminou a Bélgica. No sábado (14), às 11h, em São Petersburgo, o terceiro lugar será disputado entre ingleses e belgas.

Pela nona vez na história dos mundiais de futebol, a Copa do Mundo será decidida por duas seleções europeias. Até agora na 21ª Copa do Mundo, na Rússia, foram marcados 161 gols. Foram 122 na primeira fase (de grupos), mais 24 nas oitavas de final, 11 nas quartas de final e quatro gols nas semifinais.

A Inglaterra marcou primeiro com Trippier, em uma perfeita cobrança de falta, aos 4 minutos do primeiro tempo. O gol de empate da Croácia só foi acontecer na segunda etapa, quando, aos 22 minutos, Perisic completou um cruzamento da direita de Vrsaljko.

Perisic empata e recoloca a Croácia no jogo decisivo contra a Inglaterra


O jogo foi para a prorrogação e, no segundo tempo, aos 4 minutos, a torcida croata foi ao delírio com o gol do experiente artilheiro Mario Manzukic, que recebeu a bola de Rakitic na área inglesa e bateu no contrapé do goleiro Pickford.

Agora, após superar o desempenho de 1998, quando chegou às semifinais e foi eliminada justamente pela França, a Croácia vai encarar os franceses, que lutam pelo bicampeonato – foram campeões em 1998, como anfitriões –, no próximo domingo (15), buscando colocar mais um campeão inédito na seleta galeria da Copa do Mundo de Futebol.
 
 
FICHA TÉCNICA
CROÁCIA 2X1 INGLATERRA
Local: Estádio Lujniki, em Moscou.
Gols: Trippier, aos 4 minutos do primeiro tempo. Perisic, aos 22 minutos do segundo tempo. Mandzukic, aos 4 minutos do segundo tempo da prorrogação.
Croácia: Subasic, Vrsaljko, Lovren, Vida e Strinic (Pivaric); Brozovic, Rakitic e Modric (Badelj); Rebic (Kramaric), Perisic e Manduzkic. Técnico: Zlatko Dalic.
Inglaterra: Pickford, Walker (Vardy), Stones, Maguire e Trippier; Henderson (Dier), Delei Alli, Lingard e Young (Danny Rose); Sterling e Harry Kane. Técnico: Gareth Southgate.
Árbitro: Cuneyt Cakir (Turquia).
Assistentes: Bahattin Duran e Tarik Ongun (ambos do Uruguai).
Cartões amarelos: Rebic, Mandzukic (C), Walker (I)
 
FINAIS EUROPEIAS DA COPA DO MUNDO

ANO                 CAMPEà               VICE
2018                  (?)                           (?) 
2010                  ESPANHA             HOLANDA
2006                  ITÁLIA                   FRANÇA
1982                  ITÁLIA                   ALEMANHA
1974                  ALEMANHA          HOLANDA
1966                  INGLATERRA       ALEMANHA
1954                  ALEMANHA          HUNGRIA
1938                  ITÁLIA                  HUNGRIA
1934                  ITÁLIA                  TCHECOSLOVÁQUIA

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

ENCONTRE-NOS NO FACEBOOK

SIGA-NOS NO TWITTER

ENQUETE