Vitória segura empate com o Bahia e é bicampeão baiano juvenil

Por Comunicação FBF, 01 de Dez 2018 - 12h30

Festa rubro-negra em Pituaçu! No estádio metropolitano, na manhã deste sábado (1º), o Vitória conquistou o bicampeonato baiano juvenil.
 
O segundo título consecutivo veio com um empate sem gols com o Bahia, no segundo BaVi decisivo. No jogo de ida, o Leão venceu o rival por 2 a 0, no Barradão.


Foto: Maurícia da Matta / EC Vitória 

Para conquistar o título, o Tricolor, que foi campeão da categoria infantil na sexta-feira (30), precisava vencer o clássico por três gols de diferença, ou levar a decisão para os pênaltis com um triunfo por dois gols de diferença.
 
Após a partida, a diretoria da Federação Bahiana de Futebol realizou a cerimônia de premiação dos campeões no gramado. Os troféus e medalhas foram entregues pelo presidente da entidade, Ednaldo Rodrigues, o vice-presidente, Ricardo Lima, a diretora de competições, Taíse Galvão, e o presidente de honra da Ceaf-BA, Wilson Paim.
 
Também foram premiados o atacante Elly Ramos, do Bahia, artilheiro da competição com 12 gols marcados, e o goleiro Cabral, do Vitória, o menos vazado com quatro gols sofridos.

Após a festa, o técnico campeão Rodrigo Chagas comemorou o título. "Muito importante. Mantenho a hegemonia. Quinta participação e quinto título consecutivo. O terceiro título no ano que conquistamos. Temos uma equipe bastante competitiva. Fomos campeões da Copa Norte/Nordeste e fomos campeões. Disputamos a Copa 1899 e fomos campeões. Fizemos grandes campanhas na Copa do Brasil Sub-17 e na Taça BH Sub-17. Enfrentamos uma grande equipe hoje e conquistamos mais um título. Espero dar sequência a esse trabalho nesse clube que amo", disse.

O treinador, que foi atleta do próprio Vitória, também comentou sobre a responsabilidade de hoje participar da formação de novos jogadores para o clube. "Pelo fato de ter sido atleta, tento passar para eles as coisas corretas, como tem que ser feito. Jogador de futebol é aquele que se cuida, para ter uma carreira longa. Nós tentamos ajudar essa garotada para não só formar atletas, mas também cidadãos de bem", completou.

 

NA TELINHA – A TV FBF transmitiu a partida ao vivo. A narração foi de Flankel Lima, com comentários de Hugo Aparecido e reportagens de Marinho Júnior (Bahia) e Marcelo Góis (Vitória). As imagens foram de Lucimário Ribeiro, com produção de Haroldo Mattos e Felipe Alves.

A decisão também foi transmitida pela TVE, com narração de Valter Lima e comentários de Elton Serra. O instrutor da CEAF-BA, Ademilton Piedade Carigé, foi o responsável pelos comentários de arbitragem. Os cantores e compositores Manno Góes e Edu Casanova, torcedores de Bahia e Vitória, respectivamente, fizeram participações especiais. 
 
Bahia 0 x 0 Vitória
Baianão Juvenil (Sub-17) - Final

 
Local: Pituaçu, em Salvador (BA)
Data: 1º/12/2018
Horário: 10h30
Arbitragem: Wagner Francisco Silva Souza, assistido por Ledes José Coutinho Neto e Antonielson Jesus da Silva.
 
Bahia
Leonardo; Douglas Torres, Lucimário, Vinicius Barcellos e Gabriel; Josué, Isaac, Rodrigo Sabará e Douglas; Daniel e Elly Ramos. Técnico: Thiago Santa Bárbara.
 
Vitória
Cabral; João Victor, Diguinho, Matheus e Alexandre; Tássio, Douglas, Hítalo e Erivaldo; Ruan Nascimento e Ruan Costa. Técnico: Rodrigo Chagas.

CLIQUE AQUI E CONFIRA A GALERIA DE FOTOS DA FINAL

Foto capa: Maurícia da Matta / EC Vitória

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

ENCONTRE-NOS NO FACEBOOK

SIGA-NOS NO TWITTER

ENQUETE