Jailson Macedo Freitas é o novo presidente da CEAF-BA

Por Yuri Barreto - Comunicação FBF, 15 de Fev 2019 - 12h40

Após 22 anos de carreira, Jailson Macedo Freitas pendurou o apito neste ano. Um dos principais nomes da história da arbitragem baiana decidiu encerrar sua trajetória de sucesso.
 
Mas, o baiano de 48 anos não deu adeus à arbitragem. A profissão que honrou por mais de duas décadas seguirá fazendo parte de sua vida, agora com outra função.
 
Nesta sexta-feira (15), Jailson foi anunciado e empossado novo presidente da Comissão Estadual de Árbitros de Futebol da Bahia (CEAF-BA). Com toda sua experiência dentro de campo, ele ajudará a formar novos profissionais e trabalhará para que a arbitragem baiana alce voos mais altos.

A escolha por Jailson foi dos novos presidente e vice-presidente da Federação Bahiana de Futebol, Ricardo Lima e Manfredo Lessa. A dupla foi responsável por dar as boas a vindas ao novo comandante e apresentá-lo à imprensa e aos árbitros do quadro nacional, que lotaram o auditório da entidade.

 

"Essa é uma nova gestão, liderada por Manfredo e eu. Estamos fazendo algumas mudanças para fortalecer ainda mais o futebol baiano. Essa foi uma delas. Escolhemos Jailson pelo grande profissional que ele foi, por sua qualidade e ética. Vamos continuar investindo na arbitragem e acreditamos que, com Jailson, seguiremos a caminhada de sucesso", disse o mandatário da FBF.
 
Emocionado, o novo chefe da arbitragem da Bahia agradeceu a confiança. “Agradeço ao presidente Ricardo, e ao vice Manfredo, toda a confiança depositada em mim. Aceitei esse desafio para continuar dando minha parcela de contribuição à arbitragem baiana. Foram 22 anos de carreira. Só consegui chegar a esse número pelo apoio que tive da Comissão, da FBF e também dos meus colegas. Agora, como presidente da Comissão, sigo contando com o apoio de todos vocês. Só poderei ter sucesso com a colaboração de todos. Juntos faremos a arbitragem baiana se fortalecer cada vez mais”, destacou o ex-árbitro.

 

Jailson Macedo assume o lugar de Vidal Cordeiro Lopes, que agora passa a ser o vice-presidente da CEAF-BA. Lopes, que ficou dois anos e três meses no cargo, também foi merecedor de elogios de Ricardo Lima. "Engana-se quem pensa que Vidal fica enfraquecido com essa mudança. Ele está muito fortalecido. Ele tem o reconhecimento desta presidência pelo grande trabalho que realizou nestes quase dois anos e meio a frente da CEAF. Agradeço a ele pela dedicação e continuo contando com sua grande colaboração, agora como vice-presidente da Comissão", afirmou.
 
Em seguida, o dirigente anunciou a nova formação da CEAF-BA para a sua gestão. Além de Jailson e Vidal, compõe a Comissão Kléber Moradillo, agora secretário geral; Ademilton Piedade Carigé, orientador físico; e os orientadores técnicos Carlos Alberto Vila Nova e Arnaldo Menezes. Wilson do Espírito Santo Paim permanece como presidente de honra.
 
Por fim, Ricardo Lima anunciou uma novidade. A criação da Corregedoria da Arbitragem Baiana. “É mais uma novidade para ajudar neste processo de renovação e fortalecimento da arbitragem da Bahia. A Corregedoria é uma realidade. Na próxima semana estaremos anunciando o nome do corregedor”, completou.  

 

Carreira - Jailson Macedo Freitas construiu uma carreira de sucesso na arbitragem brasileira. Foram 22 anos de trabalho, reconhecimento e prestígio no cenário nacional.
 
A prova disso é que ele apitou mais de 100 jogos de Série A de Campeonato Brasileiro, uma marca história, celebrada inclusive pela Confederação Brasileira de Futebol. Em dezembro de 2018, Jailson foi homenageado pela CBF com uma camisa da Seleção Brasileira com seu nome e o número 100, além de uma placa de honraria.
 
Além de árbitro do quadro nacional, o baiano também chegou a ser aspirante ao quadro da FIFA. Já em sua coleção de jogos importantes, constam, também, finais de Campeonato Brasileiro, Copa do Nordeste, Baianão, Intermunicipal entre outros.
 


NOTÍCIAS MAIS LIDAS

ENCONTRE-NOS NO FACEBOOK

SIGA-NOS NO TWITTER

ENQUETE