Liga Desportiva Catuense faz 59 anos

Por Caloan Guajardo - Comunicação FBF, 02 de Set 2011 - 13h00

A Liga Desportiva Catuense completa hoje 59 anos. Se fosse uma pessoa qualquer, estaria esperando pelo INSS como a meninada espera pelo Papai Noel. Se fosse um jogador de futebol, seria visto quase como um morto-vivo. Entretanto, em entrevista ao site da FBF, Julival Pereira, mandatário da Liga Desportiva Catuense até 2014, transpareceu empolgação e alegria falando da LDC, apesar da voz levemente rouca.

“Não participamos do Intermunicipal deste ano, mas a nossa meta é refortalecer nossa seleção para conseguirmos uma vaga no ano que vem”, diz o presidente. Ele sabe que a seleção não teria muita chance de ir muito longe após tanto tempo afastada da competição, entretanto crê que em algumas edições futuras conseguirão aos poucos uma posição melhor.

Além do Intermunicipal, têm a intenção de estabelecer uma equipe forte o bastante para disputar em outras campeonatos, como as copas Metropolitana e 2 de Julho. “É que passamos seis anos sem ir para competições de tanta relevância, no máximo jogamos em alguns torneios locais menores. Mas em 2012, a gente quer dar início a todas as competições em janeiro”, espera Julival.

O Municipal lá acontece geralmente entre abril e junho. Esse ano, porém, houve um ligeiro atraso e é no Dia das Crianças, 12 de outubro, quando ocorrerá o jogo final.

A terceira juventude


Voltando à jovialidade mencionada no começo, é importante destacar uma iniciativa curiosa e exemplar da liga, que contraria a severa tirania da juventude, a qual dita um fim “prematuro” à carreira dos jogadores de futebol.

O Campeonato dos Quarentões e dos Cinquentões reúne uma sub-liga de atletas (muito) mais experientes. Em uma categoria, jogam aqueles com idade entre 40 e 50 anos, na outra ficam os de 50 a 60. Mário Barbosa é o presidente desse braço da Liga Desportiva Catuense.

“É uma liga registrada em cartório, com CNPJ e tudo mais, aqui em Catu. Dela participam associações de veteranos, e é possível que sejamos pioneiros nisso aqui no país”, diz Julival, “já procuramos algo parecido em outros lugares, mas nunca achamos. Temos times como o Sítio Novo e até um chamado Come Água”.

De uma brincadeira a um dos sucessos da cidade, de quatro times registrados para seis, com cerca de 30 atletas registrados em cada um, a expectativa do presidente Julival é de que mais times se registrem ainda em 2011.

O Evangelho Segundo o Futebol

Em Catu, existe até um campeonato evangélico. São times de 10 igrejas de Catu e duas de Pojuca, que jogam sempre aos sábados, às 14h, no Estádio Municipal Antônio Pena. Para se inscrever, o aspirante deve frequentar uma das igrejas por no mínimo um ano. Esse evento é principiado todo ano em setembro, o próximo será no sétimo dia deste mês.

Toques delicados

Entre os planos da Liga surgem as mulheres: findado o Campeonato Municipal, após algumas semanas será melhor estruturado o Campeonato Feminino. Até agora há seis times registrados, com jovens de 15 a 24 anos.

Foto: Culturamix.com

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

ENCONTRE-NOS NO FACEBOOK

SIGA-NOS NO TWITTER

ENQUETE