Com presença da diretoria da FBF, Juazeirense faz história na Copa do Brasil

A Juazeirense segue fazendo história na Copa do Brasil. O novo capítulo foi escrito na noite desta quarta-feira (9).

No Adauto Moraes, o Cancão de Fogo deixou para trás mais um campeão da competição, desta vez o Cruzeiro, para conquistar a inédita vaga nas oitavas de final da edição 2021.

A vitória veio no tempo regulamentar e na disputa de pênaltis. Nos 90 minutos, o time baiano devolveu o placar de 1 a 0, que havia levado no jogo de ida, no Mineirão.

O gol do triunfo foi marcado por Thauan, já no final da partida. Nas penalidades, brilhou a estrela do goleiro Rodrigo Calaça, que defendeu duas cobranças e garantiu a classificação por 3 a 2.

Mais uma vez, a diretoria da Federação Bahiana de Futebol esteve presente no estádio para apoiar o filiado. Compareceram ao Adauto Moraes o presidente da entidade, Ricardo Lima, o vice-presidente, Manfredo Lessa, e o diretor de registros e transferências, Felipe Quadros.

Os dirigentes foram recepcionados pelo presidente da Juazeirense, Roberto Carlos, seus diretores e autoridades da cidade de Juazeiro. "Estamos orgulhosos da campanha histórica da Juazeirense. O presidente Roberto Carlos, sua diretoria, comissão técnica, atletas e torcedores do clube estão de parabéns. A Juazeirense vem representando muito bem o futebol baiano na Copa do Brasil, ao lado do Bahia, que também conquistou sua vaga de forma brilhante. Estaremos na torcida, hoje, pelo Vitória e para que tenhamos três representantes nas oitavas de final", celebrou Ricardo Lima.

O Bahia, como se referiu o mandatário da FBF, também fez bonito na noite desta quarta. Em Pituaçu, venceu o Vila Nova por 1 a 0, com gol do artilheiro Gilberto. No jogo de ida, em Goiânia, o Tricolor venceu pelo mesmo placar.

Nesta quinta-feira (10), o terceiro representante do estado na competição irá a campo. Às 21h30, o Vitória tentará repetir o feito diante do Internacional, no Beira-Rio.

Fotos: Divulgação / Juazeirense